domingo, 24 de maio de 2009

LUA SEM NOITE

http://1.bp.blogspot.com/_VxUJK2s14C8/R37hVFHw89I/AAAAAAAAAVw/o97Zdz6y0jM/s400/angels.jpg




LUA SEM NOITE


Dorme na inquietude do dia

Sem atitude, confunde

Sombra sem luz

Com escuridão que reluz

Sem rumo, sem trilha

Não vê, no dia, a maravilha

Da cor que anuncia

Vida em profusão

Só, em habitat hostil

Mergulha no ardil

Do tempo não anunciado

Sem a noite,

Lua morna combate açoite

Da viuvez não desejada

Sonha com uma madrugada...

Que saudade de ser amada!



Denise Severgnini

Um comentário:

  1. Lindo blog! Tão sombrio que dá vontade de devorar lentamente...amei!

    ResponderExcluir